Dicas para usar a furadeira do jeito certo!

no
Categorias: Bricolagem / Faça você mesmo, Casa ou escritório

Instalar prateleiras, armários e penduradores usando uma furadeira pode ser descomplicado e simples! Hoje vamos te dar dicas para entender cada função da furadeira e como furar cada tipo de superfície com precisão e segurança.

Agora está na hora de aprender a usar a furadeira do jeito certo!

Conhecendo a sua furadeira

 A parte mais importante na furadeira é o mandril, que é a ponta de metal responsável por segurar e fixar as brocas. Na maioria dos modelos, para apertar a broca, o mandril precisa ser ajustado com o auxílio de uma chave de mandril, que normalmente acompanha o kit da sua furadeira. Já outros modelos dispensam o uso da chave de mandril, basta girar com as mãos o mandril e apertar até ficar firme. E para os dois modelos é só encaixar a broca e fixar bem.
Uma das partes mais importante na furadeira é o mandril, que é a ponta de metal responsável por segurar e fixar as brocas. Na maioria dos modelos, para apertar a broca, o mandril precisa ser ajustado com o auxílio de uma chave de mandril, que normalmente acompanha o kit da sua furadeira.

Já outros modelos dispensam o uso da chave de mandril, basta girar com as mãos o mandril e apertar até ficar firme. E para os dois modelos é só encaixar a broca e fixar bem.

Segurança e proteção

 Antes de usar uma furadeira é muito importante usar óculos de proteção para se proteger da poeira e fragmentos que irão se soltar no momento em que você estiver furando cada superfície. Normalmente paredes de alvenaria soltam bastante poeira nesse processo, então não deixe de usar o óculos de proteção. Por ser uma ferramenta para perfurar superfícies muito resistentes, o barulho gerado pode incomodar bastante quem está próximo. Então lembre-se de usar o protetor auditivo de silicone.
Antes de usar uma furadeira é muito importante usar óculos de proteção para se proteger da poeira e fragmentos que irão se soltar no momento em que você estiver furando cada superfície. Normalmente paredes de alvenaria soltam bastante poeira nesse processo, então não deixe de usar o óculos de proteção.

Por ser uma ferramenta para perfurar superfícies muito resistentes, o barulho gerado pode incomodar bastante quem está próximo. Então lembre-se de usar também o protetor auditivo de silicone.

E o mais importante! Sempre encaixe e faça a fixação das brocas no mandril com a furadeira desligada e fora da tomada, assim você evita graves acidentes.

O tipo de broca ideal para cada superfície

 As brocas para parede mais usadas são encontradas nos tamanhos de 1mm a 10mm, esse tipo de broca normalmente tem o metal em cor mais clara e uma ponteira triangular bem resistente, essa ponteira é chamada de widia, fabricada para resistir ao impacto na alvenaria, cerâmica e até mesmo concreto. Já a broca para madeira é mais escura na parte interna e tem a ponta bem afiada. Essa ponta serve justamente para ajudar na precisão do furo e para perfurar a peça de madeira com precisão sem danificar. Se você usar uma broca para madeira na alvenaria, essa ponta e toda estrutura da broca será danificada, além do mais o furo será feito com mais dificuldade. As brocas para metal também são em metal mais claro, mas o corpo (local onde ficam os canais helicoidais) é mais curto e com a ponta levemente arredondada.
Agora vamos te ajudar a entender onde usar cada tipo de broca e como usar em cada superfície. É muito importante respeitar o modelo de broca para não danificar a peça, a furadeira ou até mesmo a sua parede ou peça que estará sendo trabalhada

As brocas para parede mais usadas são encontradas nos tamanhos de 1mm a 10mm, esse tipo de broca normalmente tem o metal em cor mais clara e uma ponteira triangular bem resistente, essa ponteira é chamada de widia, fabricada para resistir ao impacto na alvenaria, cerâmica e até mesmo concreto.

Já a broca para madeira normalmente é mais escura na parte interna e tem a ponta bem afiada. Essa ponta serve justamente para ajudar na precisão do furo e para perfurar a peça de madeira com precisão sem danificar. Se você usar uma broca para madeira na alvenaria, essa ponta e toda estrutura da broca será danificada, além do mais o furo será feito com mais dificuldade.

As brocas para metal também em sua maioria são em metal mais claro ou em tons de dourado, mas o corpo (local onde ficam os canais helicoidais) é mais curto e com a ponta levemente arredondada.

Para furar porcelanatos, azulejos e pedras naturais, que são materiais bastante delicados e difíceis de trabalhar, é importante usar brocas de boa qualidade e específicas para esse trabalho como a Broca Geometrik. A sua ponta tem o formato assimétrico com 7 faces de afiação produzida em carbureto de tungstênio, feita justamente para ajudar na precisão, controle da temperatura e segurança para não escorregar ou quebrar a pedra ou azulejo durante o furo.

Se você costuma trabalhar com materiais diversos, um bom investimento, é o Kit de Brocas Multimateriais com 3 peças, ele irá trazer a possibilidade de desenvolver operações em peças de vidro, porcelanato, pedras naturais, alvenaria e metal. O Kit conta com três brocas, sendo elas:

1- Broca para porcelanato e vidro
Ideal para vidro e porcelanato com dureza de até 9,0 MOHS*.

2- Broca MFD-S – Multimateriais
O seu corpo é feito com espiral duplo, ideal para efetuar furos em pedras naturais, concreto e metais, facilitando a saída da poeira e sujeira.

3- Broca de impacto DUO-S
Especialmente desenvolvida para furos em superfícies muito resistentes e duras. Essa broca tem a ponta em Carbureto de Tungstênio, resistência a temperaturas de até 1100 °C e encaixe sextavado de ¼” que assegura que a broca não deslize no mandril.

Dica da Wurth: Se a broca ficar presa dentro da estrutura, verifique se a sua furadeira tem o botão de reversão. Basta ativar o sistema de reversão para ele girar a broca no sentido contrário, facilitando a remoção da peça sem danificar o furo e a parede

Modelos de furadeira

 Outra parte muito importante em uma furadeira é o seu motor e forma para alimentação da sua energia, as mais encontradas no mercado funcionam com alimentação elétrica (direto a tomada), mas também são encontrados modelos com alimentação por bateria com tecnologia de íons de lítio de alta duração. Conheça alguns modelos de furadeira.
Outra parte muito importante em uma furadeira é o seu motor e forma para alimentação da sua energia, as mais encontradas no mercado funcionam com alimentação elétrica (direto a tomada), mas também são encontrados modelos com alimentação por bateria com tecnologia de íons de lítio de alta duração. Conheça alguns modelos de furadeira;

1 – Parafusadeira/ Furadeira 12V- 2,0 AH
Esse modelo possui potência ideal e função impacto com 02 velocidades e 18 configurações de torque para furar diferentes estruturas de concreto, madeira, metal e alvenaria. A sua alimentação é feita através da bateria bivolt com tecnologia de íons de lítio de alta duração. A furadeira conta com LED para iluminação, mandril de aperto rápido auto travante e sistema de proteção contra bloqueio mecânico, sobrecarga/descarga e superaquecimento.
Saiba mais sobre esse modelo aqui.

2 – Furadeira elétrica de impacto 750W / 950W
Esses modelos de furadeira possuem as opções de voltagem 110V ou 220V, mandril de aperto rápido feito em aço, sistema de impacto integrado para furação em tijolos e concreto e sistema reversível com controle de velocidade eletrônico. Conheça os modelos;
Modelo com potência de 750W.
Modelo com potência de 950W

3 – Furadeira elétrica sem impacto 400w / 450W
Ideal para furar peças de madeira, alvenaria sem concreto, gesso, metal e cerâmica. Essas furadeiras estão disponíveis para voltagem 220V. Elas também contam com botão para sistema de reversão da broca, mandril de aperto rápido (3/8” – 10mm), controle de velocidade eletrônico progressivo e botão de trava do gatilho para trabalhos contínuos.
Conheça os modelos;
Furadeira elétrica sem impacto 400W
Furadeira elétrica sem impacto 450W

Função martelete

 Para furar parede de alvenaria, concreto, azulejo e pedras, é importante ativar a função martelete. Nessa função a furadeira além de girar a broca, opera com pequenos impactos na parede. Mesmo que a sua parede seja de alvenaria, é importante virar a chave para função martelete, pois na estrutura interna da parede sempre tem colunas de concreto para sustentação. Para ativar a função martelete basta virar a chave que normalmente fica no topo da furadeira, onde o desenho de um martelo representa a função martelete e o desenho do parafuso a função normal, que é para furações em madeira e superfícies mais porosas.
Para furar parede de alvenaria, concreto, azulejo e pedras, é importante ativar a função martelete. Nessa função a furadeira além de girar a broca, opera com pequenos impactos na parede. Mesmo que a sua parede seja de alvenaria, é importante virar a chave para função martelete, pois na estrutura interna da parede sempre tem colunas de concreto para sustentação.

Para ativar a função martelete basta virar a chave que normalmente fica no topo ou cabo da furadeira, o desenho de um martelo representa a função martelete e o desenho do parafuso a função normal, que é para furações em madeira e superfícies mais porosas.

Paredes de alvenaria podem ser furadas com mais facilidade, então segure firme a furadeira e mantenha sempre a broca reta para que a bucha entre perfeitamente depois do furo. Você pode começar fazendo o furo com uma broca inferior a sua bucha, depois alargue o furo com a broca correta, isso evitar que o furo fique muito largo.

Dica Quando estiver furando uma superfície de alvenaria, azulejo ou até mesmo madeira, não faça muita força com a furadeira, assim você evita que a broca escorregue ou entre com muita força e a ponta do mandril estrague a superfície, comece aos poucos e deixe que a furadeira junto a broca faça o trabalho pesado.

Acertando na profundidade do furo

Para acertar a profundidade do furo na parede, você vai precisar usar o limitador. Essa peça é encaixada com o cabo na horizontal bem na ponta da furadeira. Use a medida do parafuso e ajuste o limitador, que é uma régua fina e ajustável. Fazendo isso, durante o furo o limitador irá bater na parede na hora que a broca chegar na profundidade definida. Caso você não tenha o limitador, use fita adesiva na broca para identificar até onde o furo será feito.
Para acertar a profundidade do furo na parede, você vai precisar usar o limitador. Essa peça é encaixada com o cabo na horizontal bem na ponta da furadeira. Use a medida do parafuso e ajuste o limitador, que é uma régua fina e ajustável.

Fazendo isso, o limitador irá bater na parede na hora que a broca chegar na profundidade definida. Caso você não tenha o limitador, use fita adesiva na broca para identificar até onde o furo será feito.

Furando azulejo, mármore e metal

 Para furar azulejos e peças de metal, não é preciso fazer força, pois a broca pode escorregar, comece aos poucos até a broca furar a primeira camada, depois deixe a furadeira fazer o seu trabalho. Você também pode usar um prego e martelo para marcar o ponto inicial que servirá de guia para a broca. No caso de azulejos, tente usar o rejunte como local de furacão, e lembre-se de começar fazendo o furo com uma broca inferior, depois alargue o furo com a broca correta, isso evitar que o furo fique muito largo. Já em placas de metal e mármore, a recomendação é usar a broca do tamanho correto, porém começando aos poucos e sem fazer força, justamente para evitar que a broca escorregue e te machuque.
Para furar azulejos e peças de metal, não é preciso fazer força, pois a broca pode escorregar, comece aos poucos até a broca furar a primeira camada, depois deixe a furadeira fazer o seu trabalho. Você também pode usar um prego e martelo para marcar o ponto inicial que servirá de guia para a broca.

No caso de azulejos, tente usar o rejunte como local de furacão, e lembre-se de começar fazendo o furo com uma broca inferior, depois alargue o furo com a broca correta, isso evitar que o furo fique muito largo.

Já em placas de metal e mármore, a recomendação é usar a broca do tamanho correto, porém começando aos poucos e sem fazer força, justamente para evitar que a broca escorregue e te machuque.

Importante: Para furar mármore e pedras você pode usar a função martelete, já em peças de metal use a função padrão.

Dicas da Wurth

1 – Como evitar furar canos de água ou canos de rede elétrica? Caso você não tenha a planta da casa, evite de fazer furos na cruz vertical e horizontal saindo das tomadas ou torneiras, faça os furos a partir da posição diagonal. Assim você evita acidentes com a rede elétrica e hidráulica.

2 – Para evitar a sujeira ao usar a furadeira, use uma sacola com uma fita logo abaixo do furo, assim a poeira da parede irá cair dentro da sacolinha e facilitar muito a limpeza depois.

3 – Para deixar os parafusos em peças de madeira escondidos e alinhados depois de instalados, use o escariador para fazer esse acabamento, esse tipo de broca forma um chanfro com vão arredondado, deixando um acabamento bem alinhado.

Tudo pronto?! Mãos à obra! Compartilhe uma foto do seu ambiente decorado e nos marque nas redes sociais! @wurth.brasil